domingo, 17 de novembro de 2013

Luis Oliveira Dias e a inesquecível ORNABI



Que saudade da ORNABI... três, quatro andares? Oito, nove salas? Centenas de milhares de obras, o prazer de andar de pavimento em pavimento tropeçando e trombando com obras primas, com Alencar, com Machado, com Ruy, com Nabuco... quantos livros não li no silêncio e na tranqüilidade das recônditas reentrâncias de cada salão? Como testemunhas, somente o retrato de Seu Luis com Brasil Bandecchi e outro com Pontes de Miranda. O resto, como dizia Hamlet, era silêncio. Sossego. E de vez em quando, ao longe, a voz esganiçada do Seu Luis. Saudade pura.


O papo sempre descontraído e divertido com o querido Seu Luis... Sem ele, o centro já não é mais o mesmo... a esquina da Quintino Bocaiúva com a Benjamin Constant parecia estacionada no tempo graças à ORNABI. Sentia-se à noite uma sensação tão extraordinária de nostalgia, de bondes parados, de alunos de terno e chapéu, de elevadores de madeira, de café passado na hora, do cheiro da garoa tocando o chão quente... era estar no centro em 1945.





Por volta de 2008, creio, o Seu Luis, já com quase 90 anos, se desfez do acervo gigantesco de livros da ORNABI e se aposentou. Pouco antes disso acontecer, seu dia-a-dia foi felizmente registrado em dois pequenos documentários. O primeiro, que parece ser trabalho de alunos da FAAP, chama-se "Histórias e Sebos - Quintino, 167, Sala 9".


O segundo, excelente, é de Camilo Cassoli e se chama "Livraria ORNABI". Embora curto, capta algo da essência desse maravilhoso livreiro. Assistam.

Seu Luis se foi em janeiro de 2011, aos 92 anos.

Saudades, Seu Luis.


Livraria Ornabi from CurtaDoc Acervo on Vimeo.

Um comentário:

  1. Que tristeza saber que o velho Luis foi embora. Eu adorava a Ornabi, a conversa com ele, a gentileza da esposa, tudo era muito gratificante. Tive a satisfação de ir ao apartamente dele certa vez, quando fui levar uma coleção de livros de economia. Depois que fechou eu soube que ele tinha retornado a Portugal. É uma grande lembrança e fará falta sempre. Fique com Deus Sr. Luis.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...